Parlamentar do Reino Unido pede a Boris Johnson que resgate 228 missionários no Afeganistão

Ian Paisley (foto), membro do Parlamento do Reino Unido, implorou ao primeiro-ministro Boris Johnson para resgatar 228 missionários cristãos que precisam ser retirados do Afeganistão por correrem risco de vida.  Com o Talibã assumindo agora o controle do Afeganistão, mais de 10 mil cidadãos norte-americanos e afegãos estão temerosos e tentam desesperadamente fugir do país.

Paisley, que é membro do Partido Democrático Unionista da Irlanda do Norte, falou perante a Câmara dos Comuns na quarta-feira, 18 de agosto, enfatizando a necessidade de colocar os missionários em segurança devido à “inquisição do Talibã”.

“Ele [Boris Johnson] está ciente de que há 228 missionários no Afeganistão atualmente sob sentença de morte. Esses missionários precisam ser retirados do Afeganistão”, disse Paisley, conforme relato do “Belfast Telegraph” e do jornal “The Christian Post”.

“O primeiro-ministro garantirá à Câmara dos Comuns que todos os esforços serão feitos para trazer de volta a um porto seguro as pessoas cujas vidas estão ameaçadas como resultado da catástrofe e do episódio de política externa que ocorreu naquele país?”, questionou Paisley. O primeiro-ministro Boris Johnson respondeu: “Tenho certeza de que colegas em toda a Câmara, imagino que literalmente todos os seus membros, receberam mensagens de pessoas que conhecem alguém que precisa sair do Afeganistão, e posso dizer ao cavalheiro que é certo que estamos fazendo tudo o que podemos para ajudar a sair daquele país todas aquelas pessoas com quem temos uma dívida de obrigação”.

Segundo Johnson, o governo britânico pretende evacuar com sucesso milhares de pessoas do Afeganistão. Ele prometeu especificamente reassentar pelo menos 5.000 afegãos, possivelmente até 20.000 no total. Johnson acrescentou: “Posso dizer à Câmara que até agora garantimos o retorno seguro de 306 cidadãos do Reino Unido e 2.052 cidadãos afegãos como parte de nosso programa de reassentamento, com mais 2.000 pedidos afegãos concluídos e muitos mais em processamento”.

No mesmo dia, o primeiro-ministro Paul Givan e a vice-primeira-ministra Michelle O’Neill, do Executivo da Irlanda do Norte, divulgaram também declarações expressando seu total apoio à ajuda aos refugiados afegãos.

CPAD News/ Com informações do Belfast Telegraph e  The Christian Post – Foto: Reprodução facebook/Ian Paisley

Rua Dr. Augusto Lopes Pontes, n°262
Costa Azul, Salvador – BA, 41760-035